STUDIO KLINICAL

PILATES E ACUPUNTURA

KARINA MARINHO

Studio Klinical Pilates

Pilates Emagrece?

Depende…
Vou colocar três fatores que influenciam a resposta:

1. Intensidade da aula
2. Freqüência na semana
3. Hábitos alimentares

A intensidade e a quantidade de vezes que você exercita numa semana influencia diretamente na quantidade que calorias queimadas, quanto mais intensa a aula e maior a freqüência, mais chances de haver um emagrecimento através da prática de Pilates, apesar de que fundamentalmente, o Pilates somente tonifica e modela o corpo. Ao fortalecer a parede abdominal você irá manter ele contraído, diminuindo a “barriga largada para frente” ou seja, a flacidez abdominal, podendo diminuir medidas de roupa sem perder um quilinho sequer. Se dentro disso você tiver um hábito saudável de alimentação e fizer pilates de 2-3 vezes na semana num nível mais avançado, irá notar que gradualmente o seu peso vai diminuir.

Mas cuidado com os regimes ou com a falta de tempo para comer… Isso poderá fazer você engordar!

Todo mundo pensa: Se eu consumir menos calorias do que a quantidade que queimo, irei emagrecer. Porém não é bem assim que acontece. Existe um fator que influencia diretamente na queima de gordura que é o “timing”, isto é, a freqüência ou regularidade com que você se alimenta durante o dia. Acontece que o corpo é uma máquina muito inteligente… você se lembra da época dos homens da caverna? Então, eles tinham épocas onde o alimento era abundante, tinham a caça, os vegetais… e depois vem a escassez do inverno, quando ficavam dias sem ter comida. Provavelmente tenha sido devido a este fato que o corpo ainda pensa assim após muitas horas sem alimento: “puxa, é melhor eu fazer uma reserva de energia para a próxima escassez.” E sabe como é que o corpo faz essa reserva? Em forma de gordura, e o pior, em volta da barriga… aquela gordurinha mais difícil de se perder. Depois, quando você exercita você deve pensar… o meu corpo vai queimar essa gordurinha e vai ficar tudo bem! Mas, olha só, se o seu corpo estiver se preparando para o próximo período de escassez e você se exercitar, ele vai reagir da seguinte maneira: “hum… melhor eu queimar a energia dos músculos, pois é máis fácil de quebrar a proteína do que a gordura, e deixar aquela reserva da gordura para quando realmente estiver precisando.” Com isso, o seu corpo vai se sentindo fatigado e cansado quando realiza uma atividade física; na verdade ele vai somente enfraquecer podendo até ocasionar lesões! E a gordurinha… ela vai ficar lá, firme e forte!!!

Como assim?
Foram feitas pesquisas sobre atletas de ginástica olímpica de alto nível que tinham o mesmo nível e intensidade de treinamento. As que comiam melhor, com intervalos regulares de 3 a 5 horas no máximo tinham a % de gordura corporal bem menor, além de terem mais ânimo e disposição do que as que ingeriam menor quantidade de calorias e ficavam várias horas sem se alimentar. Então o segredo é, comer de 5 a 6 vezes ao dia, porém porções menores. Tem que ser uma alimentação equilibrada para que o corpo receba os nutrientes necessários para o aumento de massa magra (músculo) e manutenção de uma boa qualidade de vida.

* Comer mais nem sempre é sinônimo de engordar… assim como comer de menos também não é garantia de emagrecer…

Se o seu objetivo é perder peso, comece com uma alimentação saudável, faça Pilates para ajudar a tonificar e modelar o corpo, e pratique alguma atividade cardio-vascular que, além de queimar gordura irá fortalecer o seu coração e pulmão.

Fonte: Tatiana Matsuo - pilatesbytatiana@hotmail.com

isapo

Studio Klinical Pilates   |   Telefones   051 3379 0333   -   051 993305165   |   karina@studioklinicalpilates.com.br

Orkut